Eu beijei mas ele não virou príncipe

Vamos falar do marido porque, depois de 12 anos, aprendi uma coisa nova. Não é nova exatamente, é bem velha na verdade, então, aprendi uma coisa velha.

Quando o conheci, uma cunhada que não falava com ele, por causa de alguma coisa que ele teria feito com o bolo de casamento dela, deveria ter me servido de alerta. Mas não.

De lá pra cá, marido já partiu um bolo de aniversário antes do parabéns, já desligou muitas TVs e aparelhos de som por onde passou, já xingou o Papa em casa de católico, já cochichou no ouvido do noivo que achava que o padre tava comendo o coroinha.

É que pra completar, marido é ateu praticante.

Se você receber marido na sua casa, esteja preparado. Pode ser que ele deite no seu sofá, abra a sua geladeira, dê palpites na sua decoração. É que quando as pessoas dizem fique à vontade, ou sinta-se em casa, ele acredita. E pra piorar, ele não entende a linguagem dos sinais, dos beliscões, dos chutes por baixo da mesa. Ultimamente, tenho chutado até sem mesa. Mas ele simplesmente não entende. Ainda que eu fale com todas as letras e com olhos de sauron: não faça isso, em casa eu te explico. Nem assim adianta. E-l-e-n-ã-o-e-n-t-e-n-d-e.

E mesmo depois, quando eu explico, ele continua sem entender. É que a lógica naquela cabecinha é bem cartesiana: se eu não vejo problema, então não existe problema. Ou seja, se na nossa casa nada disso nos ofenderia, então isso não é ofensa.

Marido não entende que a vida não é simples assim. Talvez eu tenha que parar de levá-lo na casa dos meus amigos, sob pena de perder os amigos. Mas apesar disso, ele não é má pessoa. É só uma espécie de Shrek albino.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s