Bonitinho, mas ordinário.

Cheguei hoje no trabalho com os pés molhados e pronta para mandar um e-mail bem desaforado pra AREZZO. Eu confiava naquele coturno como um soldado do BOPE em seu colete à prova de balas. Mas isso foi antes da primeira pisada no chão molhado. Descobri que o solado estava rachado, ou melhor, quebrado mesmo, de um lado até o outro, nos dois pés! Como pode uma coisa dessas num sapato que supostamente deveria ir à guerra?

Agora estou aqui com sacolas plásticas nos pés enquanto espero as meias secarem atrás da CPU. Ainda me resta alguma dignidade, as sacolas são do Zona Sul e não do Guanabara. Só falta as sacolas do Zona Sul furarem. Vou começar a acreditar que Deus resolveu castigar a classe média.

Não tinha noção do tempo que passou, mas ainda assim, me diga, querido leitor, 2 anos por acaso é tempo suficiente pro solado de um coturno bater as botas? Parece que foi ontem que eu estava aqui toda serelepe estreando minha nova aquisição super ousada.

Me desiludi com a AREZZO. Meu próximo coturno será comprado diretamente na Vila Militar. Será que lá tem número 36?

2 Respostas para “Bonitinho, mas ordinário.

  1. RIP Coturno.

    Não achei bizarro, porque ne, chocada fiquei qdo meu salto quebrou no primeiro dia de uso (sim, isso é um consolo pro seu coturno).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s