Manual básico para participar de um leilão

Tem alguns leiloeiros que criam umas regrinhas próprias. Mas em geral, é assim que funciona:

1 – Antes de todo leilão, as peças ficam em exposição por dois ou três dias para que as pessoas possam conferir o estado de conservação. No site dos leiloeiros, também é disponibilizado o catálogo do leilão com a descrição e as fotos de cada peça. Tanto a exposição física das peças quanto a disponibilização dos catálogos na internet ocorre na véspera ou até dois dias antes do leilão. Na exposição você pode acabar deixando passar batido aquela pecinha linda e fofa, porque é muita coisa pra ver. O ideal é conferir o catálogo na internet antes, porque daí você olha as peças uma por uma e não deixa passar nada. E quando chega na exposição, já pode ir procurar exatamente aquele item que às vezes acaba ficando meio escondido, mas que você sabe que existe, porque você viu no catálogo. Rá!

2 – Já tendo avaliado e escolhido as peças do seu interesse, chegou a melhor parte: o leilão em si. Você pode participar de três maneiras: fisicamente, por telefone ou por lance prévio.*

2.1 – Fisicamente significa ir lá no dia, preencher uma ficha com os seus dados, receber uma cartela com o seu número bem grande no verso. Quando o leiloeiro expõe a peça que te interessa, vc faz qualquer aceno, levantando a cartela ou somente o dedo, balançando a cabeça, piscando os olhos ou berrando mesmo (sério, às vezes é necessário). Já vi gente lançando de todo o jeito. Se o leiloeiro não estiver vendo você, vale até levantar e sacudir os braços. Na boa, eu já fiz isso. O que não pode é perder a peça porque o cara não te viu. Mas geralmente, leiloeiro tem olhos de lince. Exceto um, que eu não vou dizer o nome. Ele chega a ser engraçado, coitado. Tem horas que fica mais perdido que cego em tiroteio. É hilário! Exceto pra quem perdeu o lance, né. Daí, a galera quer matar o cara, coitado. Mas, voltemos.

Os lances são sempre múltiplos de dez. Então, não invente de ofertar trinta e sete reais e cinquenta e oito centavos por exemplo, ok? Vá cobrindo os lances dos seus concorrentes em dez reais, no mínimo. Se quiser assustar a galera e mostrar que você tá podendo, e que é melhor eles desistirem logo porque você é rico, manda de cem em cem pratas e humilha logo, sacou? Caso você consiga arrematar a peça, não esqueça de anotar no verso da sua cartela. É que quando se está presente no salão, é quase inevitável a compra por impulso. Ainda mais quando tem uns lotes que não encontram nenhum interessado e acabam ficando quase de graça. É aí que a mão começa a coçar. Daí, no final da noite, você pode acabar perdendo o controle de tudo o que comprou.  Cuidado! Aliás, outro cuidado: assim como tem peças que saem quase de graça, outras acabam custando os olhos da cara, bastando para isso que tenham dois doidos interessados nela. Cuidado pra não disputar com quem está a fim de rasgar dinheiro. Até porque, é no seu bolso que vai doer.

2.2 – Para participar por telefone, você pode ligar e informar o seu telefone e as peças do seu interesse que na hora do leilão, eles te ligam e você vai dando os lances por telefone. Mas é muito importante ir pelo menos na exposição do leilão, porque confiar só nas fotos da internet é muito arriscado.

2.3 – O lance prévio consiste em já determinar de antemão o preço que você está disposto a pagar por aquela peça. Se no leilão ninguém der mais, é seu. Mole, né? O problema é quando alguém cobre a sua oferta em dez reaizinhos. Daí, você simplesmente rodou, porque ninguém vai te ligar. É triste, minha gente, muito triste.

3 – Chegou a hora do pagamento. Se você participar fisicamente, pode pagar no final da noite e já levar a sua peça pra casa debaixo do braço. Se você participar por telefone ou com lance prévio, vai pagar quando for retirar a peça. Geralmente, o prazo de retirada é até o final de semana seguinte ao do leilão. TEM QUE IR LÁ RETIRAR A SUA PEÇA DENTRO DO PRAZO! Senão, perdeu manezão. Ah, e o frete é por sua conta. Se vira.

Gostou, né? Tá ansioso pra participar, tô vendo. Beleza. Só que tem um detalhe que eu deixei pro final: pagamento SOMENTE À VISTA, em dinheiro ou cheque. Vamos tratar de guardar uma graninha, minha gente!

*Update: Agora também tem a modalidade pela internet. Você se cadastra no site do leiloeiro e no dia do leilão pode acompanhar tudo ao vivo pela internet, dando lances inclusive.

Anúncios

Uma resposta para “Manual básico para participar de um leilão

  1. Mandei pro Xande o link dos seus dois posts, rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s