O Acidente

Foi assim. Ela estava equilibrada no topo de uma caixinha de madeira que eu coloquei em pé em cima da mesinha de cabeceira, pra ficar mais alta. Daí, eu estava segurando a bolsa com uma das mãos, enquanto com a outra tentava programá-la, com um monte de cabelo caindo na minha cara e entrando na minha boca e nariz, quando ela pulou, ziguezagueou no ar, quicou algumas vezes na ponta dos meus dedos, e se foi diretamente para o chão. Chegou a fazer um clec! Pronto, o zoom não entrava mais. Na tela de LCD ficou um recado mandando reiniciar a máquina, e aqui ficou uma pateta em prantos.

Levei-a pro trabalho comigo, coitadinha, e tratei de procurar no google uma assistência técnica pra salvar minha filhinha. Telefonei pra um lugar aqui no Rio, e descobri que danada da máquina (Canon PowerShot A570) é paleolítica, e que não tem mais peças, e que o único jeito era mandá-la pra São Paulo. Então, Embrulhei todinha, coloquei numa caixinha e lá se foi a pobrezinha.

Agora, vou ficar por aqui pra me distrair enquanto ela não volta.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s